Inclusão

10 Mitos mais Comuns na Contratação de Pessoas com Deficiência

Ao contratar pessoas com deficiência é comum se deparar com algumas crenças por parte de gestores e profissionais de RH

Você já se deparou com algum deles?

  1. Pessoas com deficiência não possuem qualificação;
  2. Pessoas com deficiência apresentam problemas comportamentais;
  3. A contratação de pessoas com deficiência deve ser assistida;
  4. Para contratar um profissional com deficiência devo demitir outro sem deficiência;
  5. Funcionários com deficiência não podem ser demitidos;
  6. Pessoas com deficiência não são capazes de cumprir ou bater metas;
  7. Não posso cobrar desempenho de pessoas com deficiência;
  8. Não preciso promover pessoas com deficiência, pois estão apenas cumprindo cota;
  9. Pessoas com deficiência valorizam mais o trabalho do que profissionais sem deficiência;
  10. Contratar pessoas com deficiência exige alto investimento em acessibilidade.

Lembra de outros mitos sobre a contratação de pessoas com deficiência? Conte para a gente!

6 Replies to “10 Mitos mais Comuns na Contratação de Pessoas com Deficiência

    1. O que mais me magoa é em ver reportagens de empresas dizendo que estar faltando PCD qualificados, e os qualificados que estão parados sem ter oportunidade porque eles não querem pagar o salário digno para função, e muita das vezes trabalhamos muito mais que eles e até melhor e não recebemos uma promoção sem sendo discriminado, tem que acaba com tudo isso a DRT e o Ministério publico tem que reparar este erro nas empresas. Aonde estar o órgão de fiscalização para ver de perto essas empresas que não cumpre com a Lei de cota ? Em Camaçari a FORD mesmo é uma delas que cumpre com o quadro de PCD e nem as parceiras dela do complexo e nem o Polo Petroquímico vamos chama atenção dos órgãos responsável para cobrar dessas empresas e aumenta a porcentagem de admissão de PCD colocando para 10% a cota e garante todos os direitos iguais para todos sem discriminação no salário porque não aguento mais.

    2. Destas dez crenças eu posso provar que venci todas.
      Não vou dizer que foi facil , mesmo a minha ^deficiência não sendo tão grave., puxo de uma perna e não posso andar de salto,, devido a poliomelite que tive quando criança. Mesmo assim um dia alguém acreditou na minha capacidade e me deu a oportunidade de trabalhar com vendas em um shopping.E digo com muito orgulho que sempre fui a primeira a bater as cotas. Guardo com carinho alguns bilhetes com elogios da minha patroa. Fui promovida a gerente um ano depois. Inflizmente hoje estou de licença médica pra fazer uma cirugia no quadril , mas não foi a trabalho que causou este problema , é uma sequela da polio mesmo.
      Sempre que vou a loja , eles me perguntam quando vou voltar , isso me deixa muito feliz , pois prova que fiz a diferença.

  1. Os órgão competentes tem que fiscalizar e todaaas as empresas ,entra dentro delas e ver um por um dos deficientes que estão la, e ver também em que funções eles se encontra na empresa..

    esta faltando isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *