Notícias

5 Atitudes nas Redes Sociais que Podem Afastar uma Oportunidade de Emprego

Texto extraído de: Universia

Apesar das redes sociais serem uma ótima opção na hora de procurar e conseguir um emprego, se você não souber exatamente como usá-las, você pode acabar afastando todas as empresas que poderiam te contratar. Para que isso não aconteça, confira 5 atitudes que você deve evitar nas redes sociais:

Leia também:

13 Mancadas na Entrevista de Emprego

10 Coisas que Você Precisa Levar em Uma Entrevista de Emprego

1. Reclamar sobre clientes ou sobre seu chefe 
Reclamar nas redes sociais
 pode ser uma forma de se livrar do estresse. Porém, tome cuidado com o que escreve. Fazer reclamações sobre seus clientes, seu chefe ou pessoas que trabalham com você pode não apenas custar o seu emprego, como também fazer com que você não encontre um trabalho novo.

2. Compartilhar informações confidenciais
Usar as redes sociais para compartilhar informações confidenciais da empresa onde você trabalha é algo que você nunca deve fazer. Além de ser contra a lei, você está colocando a empresa em risco, assim como sua chance de encontrar outro emprego no futuro.

3. Usar o Twitter o dia todo 
Usar o Twitter para falar sobre todos os detalhes do seu dia pode fazer com que pensem que você não é uma pessoa profissional. Você passa a impressão de que não tem muitas atividades ou que não as considera tão importantes quanto postar um novo tweet.

4. Postar links de fontes duvidosas
Compartilhar alguma informação e depois citar uma fonte de pesquisa duvidosa pode acabar prejudicando sua imagem profissional, principalmente se o emprego que você deseja encontrar valoriza capacidade de pesquisa.

5. Exagerar qualidades 
Descrever suas qualidades de maneira exagerada nos seus perfis de redes sociais é um ponto que você deve evitar. Não escreva nada que você não seja realmente, já que tudo isso será cobrado e analisado durante uma entrevista de emprego.

Tags: , , , , , ,

Não GosteiGostei (Sem votos)
Loading...

i.social

Sem comentários ainda.

Adicione sua resposta