Notícias

7 milhões de profissionais com deficiência ainda estão fora do mercado de trabalho

7 milhões de profissionais com deficiência ainda estão fora do mercado de trabalho 2

Dados do Censo 2010 e da Rais 2014 apontam que não faltam profissionais com deficiência para trabalhar. O cenário mudou, mas ainda faltam muitas melhorias

De acordo com dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais), em 2014 foram criados 23,5 mil empregos formais para pessoas com deficiência no Brasil. Atualmente são 381,3 mil vagas ocupadas por profissionais com algum tipo de deficiência, correspondendo a 0,77% do total de empregos ativos no país.

Apesar do aumento de 6,5% em relação ao ano anterior (o ano de 2013 registrou 357.797 vínculos de emprego ativos), o número de pessoas com deficiência formalmente empregadas ainda é pequeno, visto que, de acordo com o Censo 2010, aproximadamente 7,7 milhões pessoas estão em idade economicamente ativa e podem ser contempladas pela Lei de Cotas.

O Censo de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que aproximadamente 24% da população brasileira declaram ter algum tipo de deficiência. Mas, para que os vínculos empregatícios formais sejam ocupados por profissionais dentro da Lei de Cotas, são considerados “pessoas com deficiência” aquelas com limitações sensoriais, físicas ou intelectuais moderadas ou severas.

7 milhões de profissionais com deficiência ainda estão fora do mercado de trabalho 3

45,6 milhões de brasileiros declaram ter alguma deficiência visual, auditiva, motora ou intelectual.

Levando em conta apenas as pessoas que tem moderada, grande ou total limitação funcional, o número de pessoas fica em torno dos 15,8 milhões.

Destes, se considerarmos as pessoas que estão dentro da faixa etária economicamente ativa, entre 18 e 59 anos, chegamos ao número aproximado de 7,7 milhões de pessoas com deficiência que poderiam ser enquadradas nos critérios da legislação de cotas.

E 381,3 mil é o número de vínculos de empregos ativos. Em outras palavras, o mercado emprega apenas 1 a cada 20 potencias profissionais com deficiência.

A inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Acredita-se que, se todas as empresas cumprissem a Lei de Cotas, haveria de 700 a 900 mil vagas para pessoas com deficiência disponíveis no mercado de trabalho. O que acontece, no entanto, é que muitas empresas não cumprem corretamente a lei, ao mesmo tempo em que 81% delas contratam pessoas com deficiência só “para cumprir lei” e não serem multadas.

De acordo com dados da pesquisa “Profissionais de RH: expectativas e percepções sobre a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho”, com iniciativa da i.Social, parceria da Catho e apoio da ABRH, apenas 4% dos profissionais de recursos humanos, responsáveis pelo recrutamento desses profissionais, declararam fazê-lo por acreditar no potencial deles e apenas 12% o fazem independentemente da cota.

A pesquisa foi realizada com 2.949 profissionais do setor e um importante dado a ser considerado é que 82% dos entrevistados consideram que a busca por profissionais com deficiência é mais difícil em comparação com aqueles sem deficiência.

As empresas têm dificuldades para encontrar profissionais com deficiência para ocupar vagas, e, muitas vezes, dependem de indicações ou ONGs e entidades do terceiro setor. A questão é: não faltam profissionais com deficiência para trabalhar. É necessário, no entanto, saber onde encontrá-los (ou como procurá-los) e usar um banco de currículos completo e qualificado para inclui-los no mercado de trabalho.

A i.Social tem um banco de dados completo e organizado que conta atualmente com 70 mil candidatos em todo o Brasil. Nosso banco de talentos de pessoas com deficiência nos permite encontrar rapidamente os melhores candidatos para a vaga ofertada. Entre em contato com a i.Social para conversarmos sobre o seu Programa de Inclusão de Pessoas com Deficiência: i.Social – Recrutamento de Deficientes.

Nossa consultoria tem um histórico de sucesso no recrutamento de pessoas com deficiência e já assessorou mais de 500 empresas na edificação de Programas de Inclusão por todo país, proporcionando a inclusão para 12 mil pessoas com deficiência em grandes empresas. Se você é candidato, acesse nosso site e cadastre seu currículo: isocial.com.br.

Tags: , , , , , ,

Não GosteiGostei (+1 rating, 1Votos)
Loading...

i.social

Sem comentários ainda.

Adicione sua resposta