Carreira

A Reinvenção do Profissional: Uma Evolução Inevitável

Texto extraído de: Administradores.com, por Alexandre Prates

Há algum tempo uma rotina tem feito parte do meu cotidiano: entrevistar grandes líderes do mundo corporativo. Chamar isso de rotina é um insulto, afinal, a cada entrevista, conceitos incríveis são apresentados por estes empreendedores que destacam-se em suas áreas de atuação.

Mas o que torna esses empreendedores profissionais diferenciados?

A sua capacidade de entrar em ação? O seu foco e disciplina? A sua perseverança em buscar novos resultados? Ou simplesmente a ousadia de sonhar e acreditar?

Leia também:

Buscando Talentos

A Diferença Entre Ser Líder e Estar na Liderança

A maioria das pessoas que procuram o nosso instituto para desenvolver-se pelo processo de coaching, inicialmente apresentam algumas necessidades:

  • Encontrar um propósito de vida que valha a pena;
  • Decidir acertadamente o seu futuro profissional;
  • Tirar as suas ideias do papel e fazer acontecer;
  • Ter foco e disciplina para concretizar os seus projetos;
  • Encontrar respostas que facilitem a tomada de decisão.

Veja que interessante. As necessidades apresentadas pela maioria das pessoas, naturalmente foram ultrapassadas pelos empreendedores. Um empreendedor sabe exatamente o que quer e tem uma capacidade incrível para fazer acontecer.

Esses comportamentos intrínsecos dos empreendedores são sinais fantásticos de uma competência desejada para qualquer ser humano: são líderes de si mesmos e assumiram, de fato, a responsabilidade por sua vida e carreira.

Um profissional empreendedor encontra dentro de si os verdadeiros motivos para fazer acontecer!

No estudo nacional que conduzi sobre as competências do profissional do futuro, que originou o livro “A Reinvenção do Profissional – Tendências Comportamentais do Profissional do Futuro” (3ª edição – Editora Novo Século), um dado mostra uma forte tendência sobre os desafios dos profissionais para os novos tempos: 97% dos entrevistados (grandes líderes, empresários, especialistas de mercado e jovens empresários de 15 estados brasileiros) citaram diversas competências relacionadas ao empreendedorismo como uma capacidade decisiva para que o profissional possa prosperar no mundo corporativo do futuro. Capacidade que eu denominei como Inteligência Empreendedora.

O conceito de empreendedorismo deve ser desmistificado, pois empreender não é sinônimo de abrir uma empresa, conceito equivocadamente divulgado durante tanto tempo. Empreender deve ser encarado como uma competência, um conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes que nos proporcionam grandes resultados em qualquer área da vida. Visto desta forma, empreender é sinônimo de foco, disciplina, paixão pelo que se faz e principalmente, visão de longo prazo, enxergar oportunidades onde ninguém mais enxerga.

Empreendedorismo é uma revolução interna que desencadeia comportamentos produtivos e como consequência, resultados extraordinários. Um profissional, independente da área em que atua, pode e deve ser um profissional empreendedor.

Portanto, se eu pudesse resumir em uma única frase o conceito da reinvenção do profissional, eu diria: Assumir a responsabilidade por sua vida e carreira. A partir disso, todo o restante se faz presente. Antes disso, teremos muito espaço para desculpas e motivos aparentemente reais para não alcançarmos a tão desejada realização profissional.

Alexandre Prates é especialista em liderança, desenvolvimento humano e performance organizacional. É também Master Coach, palestrante e autor do livro “A Reinvenção do Profissional – Tendências Comportamentais do Profissional do Futuro” e da metodologia de coaching “Inteligência Potencial”.

Tags: , , , , ,

Não GosteiGostei (Sem votos)
Loading...

i.social

Sem comentários ainda.

Adicione sua resposta