Inclusão

Como a Tecnologia ajuda Pessoas com Deficiência Física a Vencer Barreiras

1239765_769501353060324_284689784_n

Texto extraído de: Vida Mais Livre

Esta edição do Futurando começa no Centro de Pesquisas de Jülich, na Alemanha. Lá, químicos e engenheiros trabalham em um projeto que vai revolucionar o mundo da computação. Eles criaram um sistema de armazenamento de dados bem mais compacto e eficaz do que o convencional e que, ainda por cima, gasta muito menos energia.

Vencendo desafios com a ajuda da tecnologia
O Futurando mostra também pessoas que venceram as barreiras da deficiência física. Uma delas é Kathrin Lemler. Ela nasceu com uma deficiência congênita que faz com que seja praticamente impossível controlar o movimento dos músculos. Mas isso não impediu que ela estudasse, fosse à universidade. No programa você conhece um pouco mais sobre a vida da jovem alemã.

A tecnologia também mudou a vida do cavaleiro Steffen Zeibig. Ele nasceu sem as duas pernas e sem parte de um braço. Mas isso não impediu Steffen de praticar esportes e participar de competições de hipismo. Ele usa próteses hightech.

Fomos também conhecer o projeto que deu o que falar na abertura da Copa do Mundo: o Walk Again, ou Andar de Novo. Conheça detalhes da pesquisa e saiba o que os pacientes que testaram o exoesqueleto têm para falar sobre essa roupa robótica.

O programa
Futurando é o programa que traz as novidades de ciência, meio ambiente e tecnologia, produzido todas as semanas pela redação brasileira da Deutsche Welle, em Bonn, na Alemanha. O programa é exibido no Brasil pelo Futura todas as quintas-feiras, às 20h30, com reprise aos domingos às 13h30; pela Rede Minas aos sábados, às 13h, com reprise às terças-feiras, às 18h30; pela TV Brasil, todos os domingos, às 16h30 e pela TV Câmara Tupã todos os sábados às 18h, com reprise às terças-feiras, às 19h40. O Futurando é transmitido também em Moçambique pela Rede Tim, aos sábados, às 14h30.

Fonte: Terra

Tags: , , , , , , , , , ,

Não GosteiGostei (Sem votos)
Loading...

i.social

Sem comentários ainda.

Adicione sua resposta