RH Inclusivo

Contratação de Pessoas com Deficiência: Processo seletivo

Contratação de Pessoas com Deficiência Processo seletivo

Continuação do relatório de 2014 da pesquisa “Pessoas com Deficiência: expectativas e percepções do mercado de trabalho”, desenvolvida pela i.Social em parceria com a Catho e com o apoio da ABRH – Nacional.

Três principais fatores que levam o profissional com deficiência a declinar de um processo seletivo

Observa-se que nos quatro anos de pesquisa a mesma tendência se manteve, relacionando os fatores para que o profissional com deficiência decline de um processo seletivo, os critérios “falta de transparência no processo seletivo”, “demora do feedback (retorno da aprovação)” e “oportunidades melhores” continuaram a ser os mais evidenciados pelos participantes.

Contratação de Pessoas com Deficiência 01

Formato de seleção preferido

Não observamos mudanças significativas entre as incidências nas respostas quando comparamos as pesquisas de 2011, 2012, 2013 e 2014, no que diz respeito ao formato preferido de processo seletivo pelos respondentes. Apenas observa-se um aumento da preferência por “Entrevistas individuais” e uma diminuição no quesito “Dinâmicas em grupo”.

Contratação de Pessoas com Deficiência 02

Opinião sobre a necessidade ou não dos profissionais de recursos humanos e gestores se informar/conscientizar sobre o tema da inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho

Novamente não observamos mudanças entre as incidências nas respostas quando comparamos as pesquisas realizadas nos quatro anos. A maioria dos respondentes considera que os profissionais de recursos humanos e gestores necessitam se informar e se conscientizar sobre o tema da inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, ou seja, pode-se inferir que na percepção dos pesquisados, pode não ter havido mudanças ou melhora no nível de informação destes profissionais sobre as pessoas com deficiência e a relação com o mercado formal de trabalho.

Contratação de Pessoas com Deficiência 03

Como os PcDs consideram que os profissionais de recursos humanos estão no processo de entrevista

Enquanto não houve importantes alterações entre as duas versões da pesquisa dos anos anteriores (2011 e 2012), em 2013 observa-se que, percentualmente, menos participantes consideraram que os profissionais estão “bem preparados” (20%), no entanto a pesquisa 2014ª aponta aumento nesse critério recebeu aumento de 20% em 2013 para 22% em 2014. Não obstante a pesquisa também revela gradativo e contínuo aumento nos critérios “Despreparados” e “Muito despreparados”, de 17% em 2013 para 18% em 2014 e 14% em 2013 para 18% em 2014, respectivamente. Contudo, quase metade dos participantes ainda considera, assim como nos anos anteriores, que os profissionais de recursos humanos “poderiam estar mais preparados”.

Contratação de Pessoas com Deficiência 04

Como os respondentes consideram que os gestores estão no processo de entrevista

Esta questão merece uma observação mais contundente sobre o critério “bem preparados para me avaliar, focando a avaliação principalmente em minhas preferências”, a massa de pesquisados vem ao longo dos quatro anos, em que a pesquisa está aplicada, reduzindo drasticamente a percepção de que os gestores estejam “bem preparados” no processo de entrevista para as pessoas com deficiência. E o aumento dos que opinam que “poderiam estar mais preparados…” e “muito despreparados…” infere-se que, na opinião dos respondentes, os gestores não estão preparados para realizarem entrevistas com as pessoas com deficiência e de alguma forma propiciar sua entrada na vaga oferecida.

Pode-se aqui correlacionar estes indicadores às respostas dadas pelos pesquisados na questão 14, na qual são avaliadas as vagas oferecidas, e cujos indicadores “ótimas acima do meu perfil profissional” e “boas adequadas ao meu perfil” também sofreram queda na percepção. Na opinião da maioria a oferta de vagas “regulares, poderiam ser mais adequadas ao meu perfil profissional” e “ruins, totalmente inadequadas ao meu perfil profissional”, estão em processo de aumento, juntas somam 74% dos entrevistados.

Ambas as questões corroboram para que se possa inferir que há uma grande dicotomia entre a real situação das pessoas com deficiência e suas condições de vida profissional e a percepção que o mercado empregador tem sobre essa população. Há fortes indícios, nas respostas dadas pela maioria dos respondentes, de que os gestores:

1 – Não avaliam adequadamente a formação/grau de escolaridade e as qualificações profissionais – pergunta sobre a escolaridade;

2 – Oferecem vagas inadequadas aos perfis que se apresentam para a oportunidade de trabalho;

3 – Tem pouca ou nenhuma qualificação/informação para atuarem como entrevistadores em processos seletivos.

Contratação de Pessoas com Deficiência 05

Faça o download do relatório completo através do link: Contratação de PcD – Relatório 2014 (opção “Download do Relatório da pesquisa 2014”).

Tags: , , , ,

Não GosteiGostei (+1 rating, 1Votos)
Loading...

i.social

Uma Reposta para “Contratação de Pessoas com Deficiência: Processo seletivo”

  1. On 19 de julho de 2015 at 22:48 Leonardo.M.Evangelista respondeu com... #

    Boa noite,

    Gostaria de saber como faço para ficar atualizado no site.

    Atenciosamente.

Adicione sua resposta