Carreira, RH Inclusivo

Entrevista de Emprego:Quais os Pontos-Chave para se Preparar?

 

 

 

 

 

 

 

Texto extraído de: Administradores. com

Tudo começa com a apresentação pessoal, dizem especialistas; estudar a empresa e ser curioso podem fazer a diferença

A entrevista de emprego é um momento complicado para qualquer profissional, tanto para os extrovertidos quanto para os tímidos e extremamente ansiosos. 

Isso acontece basicamente porque o candidato sabe que os próximos minutos serão decisivos para o seu futuro profissional. Acabar com esse problema não é possível, mas algumas dicas de preparação podem ajudar bastante o candidato.

Para os especialistas consultados pelo InfoMoney, tudo começa com a apresentação pessoal. Antes de seguir para a entrevista, o candidato deve ter bastante cuidado com o que vai escolher para vestir, observando não só a roupa, mas também detalhes que vão desde cabelo bem arrumado até unhas feitas.

Pesquise e entenda

O professor de inteligência de mercado da FIA (Fundação Instituto de Administração) e UFPR (Universidade Federal do Paraná), Ramiro Gonçalez, ainda sugere que o candidato faça uma pesquisa prévia para entender a cultura organizacional da empresa para a qual está se candidatando. 

Algumas empresas, por exemplo, adotam um dress code bastante descontraído, com seus diretores usando tênis em plena segunda-feira. Outras, por outro lado, exigem a vestimenta completa: terno, gravata e sapato social.

Para não errar, é importante fazer uma boa pesquisa. Sempre lembrando que, na dúvida, opte pelo formal. Ir a uma entrevista de emprego vestindo algo muito informal é sempre arriscado. Além de ser mal avaliado pelos empregadores, você pode não se sentir confortável, o que se vai refletir no seu desempenho durante a entrevista.

Qual o seu perfil?

Gonçalez reconhece que a forma como o candidato se veste não será extremamente importante. “As empresas mais modernas não têm uma avaliação tão rigorosa em relação ao vestuário”. 

Porém, suas roupas podem ser um filtro. Na prática, conforme explica o professor, se a empresa está buscando um profissional inovador, que “pensa fora da caixa”, ela pode se sentir mais motivada a selecionar aquele que não tem aquele perfil de vestimenta tão padronizado, certinho e alinhado.

Por outro lado, seja a empresa que for, se ela quer um profissional para trabalhar na área de atendimento ao cliente, a apresentação pessoal vai contar muito. Lembre-se de que, neste caso, a empresa está buscando candidatos para representá-la, para ser a cara da empresa diante os clientes.

A listinha

Além de pensar e refletir muito bem sobre qual roupa você vai usar, outra dica de preparação diz respeito à conversa que você terá com o selecionador. Os especialistas sugerem que o candidato faça uma pequena lista de perguntas que possivelmente serão feitas durante a entrevista e tente respondê-las em casa.

Perguntas como: “Quais os seus maiores defeitos?” “Quais suas principais competências?” “Quais os principais desafios que você superou na sua trajetória profissional?” normalmente fazem parte de uma entrevista de seleção, e estar pronto para elas pode ajudar. Mas a diretora Regional Interior SP da Business Partners Consulting, Viviane Gonzalez, alerta: “preparação demais também não é bom”.

Se você se prepara demais, a entrevista pode ficar muito forçada. As frases feitas, por exemplo, são erros que podem custar a oportunidade do candidato. Preparar-se quer dizer que você deve pensar sobre o assunto, refletir, na calma do lar, sobre sua trajetória profissional, sobre seus feitos e suas competências. Não quer dizer que você deve fazer uma lista de perguntas, respondê-las de acordo com o que acha certo e decorar.

Seja transparente

“Para a entrevista fluir bem, o profissional tem que ser transparente, sincero e ter calma”, ressalta Viviane. No caso específico da transparência, Viviane explica que não se deve mentir nunca e em nenhum ponto. Por exemplo, se você acha que, para conquistar a vaga, deve dizer que adora interagir com pessoas e de participar de reuniões, mesmo que você não suporte isso, você possivelmente se frustrará se conseguir o trabalho, pois você não é adequado para a vaga.

Se disser que sabe inglês perfeitamente, o selecionador pode simplesmente começar a falar com você em inglês e querer terminar a entrevista em tal língua. Outro ponto que é importante levar em consideração é que tudo pode acontecer em uma entrevista de emprego.

 O selecionador pode pedir que você faça qualquer tipo de teste. Se você é um profissional, tem experiência anterior e conhecimento técnico, não há nada de errado em ser submetido a um teste. O importante é saber que isso pode acontecer.

Lembra daquele ditado: a prática leva à perfeição? Bom, ser um perito em entrevistas de emprego não é algo tão fácil de conseguir. Mas praticar bastante certamente vai ajudá-lo. 

Assim, mesmo que você não estiver 100% interessado em determinada vaga, vá na entrevista assim mesmo. Há diversos aprendizados nesse tipo de estratégia. Primeiro, você descobre como o mercado está selecionando o pessoal. Segundo, uma entrevista de emprego vai deixar de ser um evento grandioso para você.

Mas vale tomar um cuidado. Mesmo que você não esteja tão interessado, é importante dar o seu melhor durante a entrevista, sem estragar sua imagem para futuras oportunidades naquela empresa, ou seja, para posições que podem ser 100% do seu interesse.

RH e gestor

O processo seletivo de uma empresa pode contar com uma, duas, três ou até mais entrevistas. A primeira pode ser com a área de recursos humanos e a segunda com o gestor. Pode haver apenas uma entrevista, com ambos profissionais. A dica é a seguinte: o RH tem um foco um pouco diferente dos gestores.

De acordo com Gonçalez, o recursos humanos normalmente está mais interessado em avaliar habilidades de relacionamento, ou seja, como você interage com as pessoas, como se relaciona, como se comporta. Já o gestor quer saber como você pode contribuir para resolver os problemas da área.

Então, se a entrevista for com o RH, foque nas suas habilidades de relacionamento interpessoal; se for com o gestor, mostre como você vai ajudá-lo a resolver os problemas.

Disponível em: http://migre.me/8hIKO


 

Tags: , , , ,

Não GosteiGostei (Sem votos)
Loading...

i.social

3 Responses para “Entrevista de Emprego:Quais os Pontos-Chave para se Preparar?”

  1. On 3 de maio de 2012 at 15:42 vanessa respondeu com... #

    gostaria de dica de entrevista

  2. On 21 de março de 2013 at 12:49 RAFAEL MARCOS GARCIA respondeu com... #

    Parabéns pelo site. Jesus é fiel

Trackbacks/Pingbacks

  1. Entrevista de emprego: conquistando a vaga almejada - 17 de junho de 2013

    […] http://blog.isocial.com.br/entrevista-de-empregoquais-os-pontos-chave-para-se-preparar/ […]

Adicione sua resposta