Inclusão

Governo de São Paulo entrega Prêmio Melhores Empresas para Trabalhadores com Deficiência

20141210152330_intpremio

Texto extraído de: Pessoa com Deficiência

O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, entregou o Prêmio Melhores Empresas para Trabalhadores com Deficiência, no dia 10 de dezembro, Dia Internacional dos Direitos Humanos. A cerimônia de entrega do prêmio aconteceu no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. As empresas Serasa, Citibank e Itaú Unibanco foram as vencedoras entre dez finalistas (lista ao final).

Cinquenta e seis empresas públicas e privadas do Estado de São Paulo apresentaram suas experiências de inclusão profissional para pessoas com deficiência e foram avaliadas em cinco aspectos: gestão, potencial de reaplicação e multiplicação das iniciativas, grau de sustentabilidade dos projetos de acessibilidade, promoção da inclusão social, autonomia e independência da pessoa com deficiência no ambiente de trabalho e realização de suas funções.

Com a parceria da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o prêmio tem como objetivo dar visibilidade às boas práticas relacionadas a inclusão profissional de pessoas com deficiência ao reconhecer e estimular as demais organizações a aperfeiçoarem seus programas de respeito a diversidade humana. Entre os presentes, estavam representantes das 10 empresas finalistas (Citibank, Deloitte, Ernst & Young, IBM, Itaú Unibanco, Magazine Luiza, Odebrecht, Sebrae-SP, Senac-SP e Serasa) e das cinco práticas inclusivas mais notáveis: Casa & Construção (C&C), Eaton, Alfaparf, Hospital Israelita Albert Einstein e Natura.

Participaram da cerimônia de entrega do Prêmio, além do governador e da Secretária, Dra. Linamara Rizzo Battistella, realizadora do Prêmio, o Diretor-presidente da Fipe, Carlos Antonio Luque; a secretária municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Marianne Pinotti; a presidente da ONG I.Social, Andrea Schwarz, idealizadora do Prêmio; e Rodrigo Mendes, presidente do Instituto que leva seu nome, representando o corpo de jurados.

A Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Dra. Linamara Rizzo Battistella, ao recepcionar as empresas finalistas, ao lado do governador Geraldo Alckmin, destacou que um Brasil justo começa com as diretrizes de sustentabilidade e direitos de todos. “São Paulo está de parabéns, são 56 empresas que se associam a essa ideia de construir um Brasil cada vez melhor, porque São Paulo ilumina os caminhos do Brasil. Essas empresas, que têm sede dentro do Brasil, certamente multiplicarão em todo o país essa grandiosa experiência, uma experiência que foi de grande sucesso, graças a vocês”, afirmou a Secretária.

Para o governador Alckmin, o prêmio significa o “Oscar da inclusão”, em reconhecimento às melhores práticas nos ambientes corporativos. “Estamos aqui na entrega do Oscar, o mais importante dos Oscars, porque esse é o Oscar da inclusão, do emprego, da inovação, do talento. As Empresas estão de parabéns, elas são um exemplo! Ganham aqueles que vão ocupar essas vagas que oferecem oportunidades e ganha a sociedade que não pode abrir mão do talento”, ressaltou.

As 56 empresas inscritas empregam 11.517 funcionários com deficiência. Entre elas, um terço são totalmente acessíveis, sendo que 89% têm entradas acessíveis, 86% dispõem de banheiros adaptados e 83% contam com elevadores. A comissão julgadora do Prêmio constatou que 73% das organizações apresentam acessibilidade para pessoas com deficiência física em suas áreas comuns (salas de reunião, refeitórios e auditórios).

Apesar de rampas, piso e entradas planas favorecerem as pessoas com deficiência visual, o piso tátil direcional ou de alerta está presente em apenas 25% das empresas. A premiação também registrou que 61% disponibilizam mobiliário acessível (mesas, bebedouros, máquina de ponto), 44% oferecem software de voz, 53% lupas de aumento e 7,7% contam com impressora braile.

A comunicação para surdos recebe atenção de cerca de 45% das empresas, que disponibilizam intérprete de Libras e, 17%, telefone para surdos. Em 69% das empresas, existe um canal específico para os funcionários solicitarem recursos e adaptações. Para o público externo, 35% das organizações inscritas possuem website acessível e 25% têm canal de atendimento voltado para pessoas com deficiência auditiva.

O Brasil tem hoje, cerca de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. Somente no Estado de São Paulo, são mais de 9 milhões. Uma em cada cinco pessoas com deficiência do país está no Estado de São Paulo, cerca de 20% da população. O Censo do IBGE de 2010 identificou que 2,8 milhões de pessoas com deficiência possuem ensino superior completo (incluindo mestrado e doutorado), ou seja, um número mais do que suficiente para suprir não somente as vagas potencialmente criadas pela Lei de Cotas, mas também outras oportunidades profissionais em empresas não abrangidas pela lei federal.

De acordo com levantamento realizado pela Fipe, 68,9% dos trabalhadores com deficiência sentem pouca ou nenhuma compatibilidade entre o cargo e sua escolaridade, comparado com 42,8% para pessoas sem deficiência, fator este que motivou a criação do prêmio.

Nesse contexto, são extremamente relevantes as iniciativas para reconhecer e, principalmente, propagar as boas práticas de inclusão das pessoas com deficiência em instituições de pequeno, médio e grande porte, ao estimular não apenas o cumprimento à legislação, mas também a eliminação de paradigmas e barreiras atitudinais, permitindo melhorar e ampliar as oportunidades profissionais para as pessoas com deficiência.

FINALISTAS

1. Citibank Brasil
2. Deloitte
3. Itaú Unibanco
4. IBM
5. Ernst & Young
6. Magazine Luiza
7. Odebrecht Realizações Imobiliárias
8. Sebrae-SP
9. Senac
10. Serasa Experian

Tags: , , , ,

Não GosteiGostei (Sem votos)
Loading...

i.social

Trackbacks/Pingbacks

  1. Melhores empresas para se trabalhar para trabalhadores com deficiência | RH Paulo Moreno - 25 de março de 2015

    […] grande e fazem isso de maneira correta e profissional. Quer saber mais do prêmio? Acesse o blog do isocial. Um abraço e até a […]

Adicione sua resposta