Inclusão, Notícias

Instituto Mara Gabrilli Lança Campanha Contra o Preconceito

Texto extraído de: Vida Mais Livre

Vídeos bem-humorados, um deles estrelado pelo ator Ariel Goldenberg, protagonista do filme Colegas, mostram cenas vividas entre pessoas com e sem deficiência; situações corriqueiras que poderiam ser bem mais simples dão oportunidade à reflexão sobre as diferenças.

“Dê uma ajudinha a si mesmo, reveja seus conceitos” é o tema de campanha que o Instituto Mara Gabrilli (IMG)entidades parceiras lançam hoje, dia 21 de março, no Dia Internacional da Síndrome de Down. A data é o ponto de partida para a divulgação de uma série de quatro vídeos convidando as pessoas à reflexão sobre o preconceito em relação às diferenças. A campanha é uma realização do IMG, com patrocínio da Sanofi e apoio da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, do SESC, da Livraria Cultura e da FarMais Tremembé. Também apoiam o projeto as entidades ligadas à inclusão das pessoas com deficiência: APAE DE SÃO PAULO, Instituto Olga Kos, Movimento Down Brasil, Grupo Chiaverim, ABADS, ADID, Carpe Diem, APABB, ARCA do Brasil, ADERE e SORRI BRASIL e OAT.

Todos os envolvidos na campanha irão disseminar, a partir de hoje, em suas redes, o primeiro vídeo da série. Nele, um adulto com síndrome de Down, vai à farmácia e é tratado como criança por outro homem que também faz compras no local. Este faz perguntas como “onde está seu papai?”, “quer ajuda?” como se seu interlocutor não entendesse nada. O posicionamento do personagem “desmonta” o homem, que chega a ficar sem-graça com as respostas recebidas. O filme deixa clara a mensagem de que a convivência entre pessoas com e pessoas sem deficiência poderia ser simples mas, no entanto, ainda há imensas barreiras a serem superadas.

O vídeo é estrelado por ator Ariel Goldenberg, que atualmente comemora o sucesso do filme “Colegas”, premiado recentemente com oKikito de melhor filme e o Prêmio Especial do Júri no Festival de Gramado. Além disso, o ator tem feito repercutir nas mídias sociais sua campanha “Vem, Sean Penn” para que seu ídolo venha ao Brasil assistir “Colegas”. Ariel, que tem síndrome de Down, é um exemplo real de que a deficiência não é um impeditivo para que a pessoa tenha uma vida normal – e possa, como mostra o vídeo, trabalhar e ir comprar absorventes para sua esposa, por exemplo. “O viés desses filmes é a convivência.

“O primeiro passo para a convivência é quebrar a nossa própria barreira e enfrentar o medo de se aproximar. Conviver é viver bem em meio à diversidade”, afirma a Mara Gabrilli, fundadora do instituto que leva seu nome.

A campanha tem ao todo quatro filmes de 45 segundos que serão divulgados separadamente, nos quais os personagens estão expostos a situações onde a falta de jeito para lidar com pessoas com deficiência se evidencia de forma cômica.

Os personagens da campanha são pessoas com deficiências – física, visual, auditiva e intelectual – e cidadãos brasileiros comuns que querem ajudar pessoas com deficiência, mas não sabem exatamente como. Com espírito de solidariedade, eles se mostram desajeitados e, muitas vezes, inadequados. O roteiro foi elaborado a partir de relatos de pessoas com deficiência. Os vídeos, assinados pela cineasta Ariana Chediak, dão corpo à mensagem da campanha: “Dê uma ajudinha a si mesmo, reveja seus conceitos”, lembrando que a pessoa sem deficiência também precisa de ajuda para mudar sua forma de ver.

Foto: Reprodução Vídeo da Campanha 
Fonte: Instituto Mara Gabrilli

Tags: , , , , , ,

Não GosteiGostei (Sem votos)
Loading...

i.social

Trackbacks/Pingbacks

  1. Campanha de Vacinação contra a Paralisia Infantil começa no Sábado (8) – i.Social - 5 de junho de 2013

    […] > Instituto Mara Gabrilli Lança Campanha Contra o Preconceito […]

Adicione sua resposta