Inclusão, Notícias

Metalúrgicos de Osasco: Preenchidas 87,6% das Vagas para Pessoas com Deficiência

blog isocial

Clemente – Vice-Presidente do Sindicato

Texto extraído de: Federação dos Metalúrgicos

Pelo oitavo ano, as metalúrgicas da região de Osasco se confirmam como pioneiras no país em relação a contratação de pessoas com deficiências. O índice de contratações atingiu a marca de 87,6%, de acordo com a 8ª Pesquisa: Trabalhadores com Deficiência no Setor Metalúrgico de Osasco e Região, divulgada na manhã desta quarta-feira, 12, pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região.

O estudo é resultado da parceria entre Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região e Gerência Regional do Trabalho e tem como base os questionários respondidos por 109 empresas metalúrgicas, nos quais elas relataram qual o número de trabalhadores com deficiência contratados, em dezembro de 2013.

A pesquisa mostra que 48,5% das metalúrgicas chegam a ultrapassar a cota. Há setores da metalurgia que ultrapassam as exigências legais, como as autopeças, com 100,3%, e fundição, com 114,3%.

Em 2012, o índice de contratações era de 82,4%. A pesquisa também aponta a preferência por contratação de pessoas com deficiências físicas, que são 44,7% dos contratados. Em segundo lugar, ficam as pessoas com deficiência auditiva, com 30,3%, seguida pelos visuais, 9,4%. As pessoas com deficiências múltipla e intelectual somam 4,8%.

Mesmo sendo poucas, a contratação de pessoas com deficiência intelectual acontece em setores chaves das empresas, como controle de qualidade e embalagem. “São empresas sabem aproveitar muito bem a presença dessas pessoas no seu processo de trabalho, colocando-as no seu cartão de visitas que é o controle de qualidade e a embalagem”, ressalta Carlos Aparício Clemente, vice-presidente do Sindicato e coordenador do Espaço da Cidadania.

Em relação ao estudo anterior, diminuíram os casos de empresas que se negavam a cumprir a lei. Em 2012, para cada 5 empresas que cumpria, uma tinha essa postura. Em 2013, a relação passou a ser de uma em cada 13.

Compareceram ao lançamento pessoas com deficiências, representantes de entidades especializadas; empresas contratantes; o deputado estadual Marcos Martins (PT), a consultora do Pronatec, Raquel Pacagnella; o coordenador estadual do Programa de Inclusão da Superintendência Regional do Trabalho, José Carlos do Carmo; e os auditores fiscais Adelino Costa e Ronaldo Freixeda, da Gerência Regional do Trabalho de Osasco.

13 anos de luta pela inclusão – A divulgação da pesquisa marca o 13º aniversário do Espaço da Cidadania, ação social apoiada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco e Região, que realiza palestras, oficinas, pesquisas, organiza publicações e outras atividades voltadas a sensibilização social para a inclusão de pessoas com deficiências no mercado de trabalho.

Foi com a persistência do Sindicato que a Gerência passou a fiscalizar o cumprimento da Lei de Cotas, a partir de 2001, o que desencadeou o processo gradativo de convencimento e de sensibilização dos empresários do setor metalúrgico da região.

Tags: , , , , , , , , , , ,

Não GosteiGostei (Sem votos)
Loading...

i.social

Uma Reposta para “Metalúrgicos de Osasco: Preenchidas 87,6% das Vagas para Pessoas com Deficiência”

  1. On 23 de junho de 2014 at 16:01 celia respondeu com... #

    muito dificil arrumar emprego pra quem tem deficiencia como eu o preconcito fala mais alto as pessoas nao acreditam na gente 🙁

Adicione sua resposta