RH Inclusivo

Os profissionais de recursos humanos estão preparados para contratar pessoas com deficiência?

profissionais-de-recursos-humanos-preparados-para-contratar-pessoas-com-deficiencia

Os profissionais de recursos humanos têm um papel de suma importância para a inclusão das pessoas com deficiência nos mais diversos cargos e empresas. Por entender a relevância desse processo, a i.Social busca, desde 2011 por meio da pesquisa “Profissionais de recursos humanos – expectativas e percepções sobre a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho, orientar as empresas em seus caminhos inclusivos e qualificar o processo de contratação de trabalhadores com deficiência.

Profissionais de RH e inclusão de pessoas com deficiência: preparo dos pesquisados

A terceira edição da pesquisa “Profissionais de recursos humanos – expectativas e percepções sobre a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho”, contou com a participação de 1.459 profissionais de RH (gerentes, analistas, coordenadores, entre outros) e foi realizada em parceria com a Catho e apoio da ABRH Brasil. Nesta edição de 2016, estabelecemos comparações com os dados de 2015 e 2014 e apontamos as diferenças e manutenções das opiniões e percepções dos respondentes acerca dos principais temas inerentes a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

A pesquisa aponta que o número de profissionais de recursos humanos que já tenham entrevistado ou contratado candidatos com deficiência está aumentando, da mesma forma em que o conhecimento sobre a Lei de Cotas e a Lei Brasileira de Inclusão também vem progredindo. Por outro lado, a falta de preparo ou treinamento para entrevistar PCDs ainda leva à resistência para a contratação desses candidatos, algo que contribui para a formação de discriminações quanto à real capacidade dos mesmos.

Leia o post anterior: Profissionais de RH e inclusão de pessoas com deficiência: novas expectativas.

profissionais-de-rh-contratar-pessoas-com-deficiencia

A inclusão é um processo bidirecional, ou seja, é importante escutarmos tanto as pessoas com deficiência, quanto as empresas, representadas pelos seus profissionais de recursos humanos. Assim, alcançamos uma visão ampla do processo de inclusão e um retrato fiel do cenário e dos principais desafios a enfrentar.

Jaques Haber, sócio-diretor da i.Social

Preparo dos profissionais de recursos humanos

profissionais-de-rh-e-inclusao-de-pessoas-com-deficiencia-preparo-dos-pesquisados-1

Cerca de 76% dos 1.459 pesquisados já entrevistaram pessoas com deficiência e, destes, 65% informam que poderiam estar melhor preparados para tal função, o que representa uma fragilidade do processo de inclusão, ao mesmo tempo em que identifica uma oportunidade para que as empresas invistam mais em treinamentos específicos para os profissionais de RH.

Ainda, quando perguntados sobre sua capacidade de oferecer suporte aos gestores de pessoas com deficiência, 65% afirmaram que poderiam estar melhor preparados. Esse dado é preocupante, visto que os gestores são fundamentais ao processo de inclusão, afinal são eles que decidem sobre a contratação dos profissionais com deficiência e que os gerenciam. Sem suporte adequado, o risco de má gestão é amplificado, ocasionando situações de exclusão dentro do próprio ambiente de trabalho, falta de assistência adequada ou diferenças de tratamento e oportunidades.

profissionais-de-rh-e-inclusao-de-pessoas-com-deficiencia-preparo-dos-pesquisados-2

Aumento significativo de profissionais que já entrevistaram pessoas com deficiência: 76% em 2016 ante 65% em 2015.

Gestor

profissionais-de-rh-e-inclusao-de-pessoas-com-deficiencia-preparo-dos-pesquisados-3

Outro dado preocupante identificado na pesquisa diz respeito à receptividade dos gestores para com os candidatos com deficiência. 59% dos entrevistados afirmaram que os gestores têm resistência em entrevistar e/ou contratar profissionais com deficiência; por outro lado, é perceptível o aumento entre os que não apresentam resistência: 41% em 2016 ante 33% em 2015.

profissionais-de-rh-e-inclusao-de-pessoas-com-deficiencia-preparo-dos-pesquisados-4

Há uma diminuição da resistência do gestor em entrevistar pessoas com deficiência, segundo a percepção de 59% dos entrevistados, e um aumento na condição de não haver resistência para 41% em 2016.

Além disso, 94% dos respondentes consideram que os gestores necessitam de mais informações sobre contratação e gerenciamento de pessoas com deficiência, revelando que ainda existem muitas barreiras a serem derrubadas e muito trabalho a ser feito com os gestores. Esses índices praticamente se mantiveram com relação a 2015 e 2014, o que revela que pouco foi feito no sentido de capacitar gestores e profissionais de RH para a inclusão e gestão de pessoas com deficiência.

profissionais-de-rh-e-inclusao-de-pessoas-com-deficiencia-preparo-dos-pesquisados-5

Permanece inalterada a opinião dos entrevistados de que os gestores tem necessidade em ter mais informação para entrevistar e gerenciar pessoas com deficiência.

A pesquisa “Profissionais de recursos humanos – expectativas e percepções sobre a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho” tem o objetivo de orientar os profissionais de RH na condução de ações e programas de inclusão de pessoas com deficiência no ambiente corporativo. Faça o download das edições anteriores: isocial.com.br/isocial-download.

Entre em contato com nossa consultoria:

i.Social – Soluções em Inclusão Social

www.isocial.com.br

(11) 3891-2511 / atendimento@isocial.com.br

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , ,

Não GosteiGostei (Sem votos)
Loading...

i.social

Sem comentários ainda.

Adicione sua resposta