Inclusão, RH Inclusivo

Pessoas com Deficiência ou País Não Acessível?

Texto extraído de:Vida Mais Livre – Por  Andrea Schwarz
Muita gente continua me perguntando quem são as pessoas com deficiência no Brasil. O problema que temos para respondê-la é que no Brasil não existe uma classificação única de deficiência. Se a gente comparar o que diz o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE)Site externo., e a Lei de Cotas, já temos uma grande diferença.
Para vocês terem uma ideia, o IBGE considera cinco os tipos possíveis de deficiência: visual, motora, auditiva, mental permanente e física e, além disso, analisa a autodeclaração da pessoa. Por exemplo, o IBGE pergunta para uma pessoa como ela avalia sua capacidade de enxergar. Se a pessoa responde que, mesmo com o uso de óculos, ela tem “alguma dificuldade” ou “grande dificuldade” é considerada deficiente visual. Apenas como curiosidade, segundo o último Censo do IBGE, que foi feito em 2000, o Brasil tem 48,1% de deficientes visuais.
A Lei de Cotas, que vale para as empresas com cem ou mais funcionários, entende que os tipos de deficiência são física, visual, intelectual, auditiva e múltipla. Aí já temos uma diferença com o IBGE… Além do mais, para a Lei de Cotas, o que vale é o que diz o médico e não a pessoa. Ou seja, a autodeclaração válida para o IBGE não tem nenhuma função para a legislação. Vamos manter o exemplo da deficiência visual. Para a Lei de Cotas, uma pessoa é considerada deficiente visual quando apresenta no máximo 30% de acuidade visual no melhor olho, com a melhor correção óptica. Se considerarmos essa definição, então, esse percentual de quase 50% de deficientes serem visuais vai por água abaixo.
É claro que a gente precisa de definições quanto às deficiências, mesmo porque temos uma lei que determina a contratação dessa população. Mas vamos mudar a perspectiva? Imagine um cego caminhando sozinho, numa rua bem esburacada onde os telefones públicos, postes e caixas de Correios Site externo.não são sinalizados, onde não há aviso sonoro no farol. No seu trabalho, os botões do elevador não estão em Braille, ele não tem acesso a nenhum software que faça a leitura do conteúdo da tela e nenhuma correspondência está impressa em Braille. Com certeza, você pensou numa pessoa com grandes dificuldades. Agora vamos imaginar que essa pessoa vive numa cidade onde as calçadas são planas e sinalizadas com piso tátil, os faróis e todo tipo de alerta luminoso está acompanhado de sinais sonoros; seu posto de trabalho tem computador com todos os programas necessários. Com certeza, essa pessoa é independente e tem condições de viver e produzir tanto quanto uma pessoa sem deficiência.
Estão vendo onde quero chegar? Quem torna a pessoa deficiente é o ambiente em que ela está, o meio onde vive. Por isso, quando me perguntam quem são as pessoas com deficiência no Brasil, eu digo: todas aquelas para quem o nosso país não é acessível.

Tags: , , ,

Não GosteiGostei (Sem votos)
Loading...

i.social

Uma Reposta para “Pessoas com Deficiência ou País Não Acessível?”

  1. On 4 de janeiro de 2013 at 17:35 RAFAEL MARCOS GARCIA respondeu com... #

    Parabéns pelo site. Jesus é fiel

Adicione sua resposta