São Paulo Lança Programa Censo-Inclusão

Objetivo é fazer um mapeamento sobre quantas são, como e onde vivem as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida na cidade de São Paulo para melhor orientar as políticas públicas. Formulários serão distribuídos pelo correio a 2,4 milhões de domicílios da cidade

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida lançou nesta segunda-feira (19) o Programa Censo-Inclusão, que pela primeira vez na história da cidade, fará um amplo levantamento de todas as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida residentes no município.

Com o objetivo de identificar, mapear e cadastrar o perfil socioeconômico das pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, no âmbito do Município de São Paulo, e levantar informações que sirvam de parâmetro para criar e reformular políticas públicas, o Censo-Inclusão chegará por correio à casa de todos os paulistanos, 2,4 milhões de moradias (utilizada a mesma base de dados do Imposto Predial e Territorial e Urbano – IPTU).

Os formulários também poderão ser retirados em qualquer das 31 Subprefeituras. Depois de preenchido deverá ser devolvido às agências e caixas de correio, com postagem gratuita, na forma de Carta Resposta Comercial.

Outra opção para o preenchimento do formulário será por meio do site www.censoinclusao.sp.gov.br, que disponibilizará as informações, com recursos de acessibilidade, permitindo às pessoas com deficiência e mobilidade reduzida preencherem o questionário com segurança e autonomia.

Além de vários recursos como ampliação de texto e contraste para pessoas com baixa visão e idosos, compatibilidade com os principais leitores de tela para as pessoas com deficiência visual, possibilidade de navegação com mouse, teclado ou outro dispositivo, o site ainda disponibilizará – de maneira inovadora entre os sites do setor público –, o equivalente em vídeo em Língua Brasileira de Sinais para textos para possibilitar o acesso às pessoas surdas.

As respostas, sejam por meio impresso ou pela Internet, deverão ser encaminhadas até 21 de maio. A divulgação dos primeiros resultados do Censo está prevista para o final de dezembro.

O Censo-Inclusão (Lei Municipal 15.096 de 05/01/2010) teve recursos da própria Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, que investiu R$ 3,64 milhões no Programa e sua atualização será feita a cada quatro anos.

Na elaboração do Programa, foram envolvidas entidades e instituições ligadas à causa das pessoas com deficiência no município de São Paulo, bem como, o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (CMPD) e Grande Conselho Municipal do Idoso.

Informações sobre o Programa Censo-Inclusão podem ser obtidas pelo e-mail censoinclusao@prefeitura.sp.gov.br ou pelos telefones (11) 3913- 4025 / 4026 / 4027 (a partir do dia 23 de março, das 09h00 às 18h00).

O formulário estará disponível pelo site www.censoinclusao.sp.gov.br